sexta-feira, 24 de abril de 2009

Pessoas motivadas motivam o mundo

Sempre achei um pouco de bobagem a história de motivação, palavras que fortaleciam outras, entusiasmo excessivo que fazia com que outras pessoas ficassem animadas também.
Hoje tenho outra opinião sobre motivação, e devo isso à maturidade que tenho hoje. Quando mais jovem, eu só pensava no meu jeito de ser como referência de atitudes do resto das pessoas do mundo. Um pouco egocêntrica talvez. Entendo agora que cada pessoa tem seu estilo de ser, sua cabeça, seu comportamento, defeitos e qualidades. Como eu era, e sempre tive automotivação, me recusava a crer que alguém poderia não tê-la. Comecei a analisar e assim entender o que significavam as palestras, cultos, aulas e livros que diziam coisas que me pareciam óbvias.
Todos precisam de alguma ajuda. Melhor dizendo, qualquer tipo de ajuda acrescenta alguma coisa a outro ser humano. Mesmo que você não aprove aquele texto, aquelas palavras ou idéia geral vai te servir como referência. Mas essa visão exige muita concentração, muito conhecimento e autocontrole, para não explodir diante de uma idéia que você não concorde.
clip_image001[5]
Acredito que essa quebra de paradigma de minha parte também se deva a série de fatos que aconteceram na minha vida. Todos passam por fatos inesperados, mas nem todos têm lições aprendidas com os acontecimentos. Nem todos aproveitam o lado instrutivo, o lado bom, o lado divertido dos eventos.
O aprendizado é algo que não se encerra nunca. E o mais importante, é aprender que as pessoas são diferentes umas das outras, mesmo sendo muito parecidas. Pessoas que motivam não estão preocupadas em mudar sua opinião, seu modo de ser, pensar e agir. Pessoas motivadoras procuram falar com você com uma linguagem que é sempre compreendida, usando a voz do coração.
Tente ser um exemplo de vida para alguém. Seja como os cães, que mesmo amarrado, abandonados, sem receber devida atenção, conseguem ser alegres e ficar contentes com uma simples voltinha pela rua.
Anime-se e você verá que pode fazer toda a diferença.
Recomendações que faço:
Um vídeo muito interessante, de Randy Pausch, last lecture (a ultima lição): http://video.google.com/videoplay?docid=3662009673958237801
Um blog muito alto astral: http://edithsuraci.blogspot.com/
Livros legais: O monge e o executivo, James Hunter (esse tem uma peça teatral em SP, não tive oportunidade de assistir)
O maior vendedor do mundo, Og Mandino
O que podemos aprender com os gansos, Alexandre Rangel
Pai rico pai pobre, Robert Kiyosaki
Quem mexeu no meu queijo, Spencer Johnson
Filme muito legal: Procurando Nemo
Este último parece bobagem, mas junta motivação, liderança, determinação, espírito de equipe. Se você já assistiu e não percebeu, assista novamente, analisando os pontos que comentei.
Abraço!
Fernanda Suraci