sábado, 17 de maio de 2008

Ecologia ao Extremo

As vezes tentamos ser tão ambientalmente corretos, que esquecemos de ser politicamente correto.
Levar ações de pensamento global ao extremo limite, é ofender as conquistas humanas através dos tempos.
Energia elétrica em casa, gás encanado e água na torneira, são confortos ainda insubstituíveis. Avanços tecnológicos crescem em decorrência disso. Não seria possóvel aparelhos eletrônicos por toda casa, aquecedores, torneiras e tudo mais. Todos plugados a tomada, para serem prontamente ligados quando a necessidade ou desejo surgir.

Pensar que todas essas conquisata precisam ser desligada das tomadas sempre que se termina de usar, descaracteriza sua função, que é trazer praticiadae ao ser humano. Elas custam um mínimo de energia para estarem ligadas em stand by.

Será que a economia que se faz, é representativa em termos de ecologia? O mundo realmente ficará melhor se eu tirar da tomada o microondas, a TV, o DVD e desligar a chama piloto do aquecedor toda vez que terminar de usar?

O direito do ser humano, por suas conquistas, fica comprometido, perdendo todas as regalias que já existem. Seremos desmotivados a não mais criar novas facilidades de vida, porque ações anti-aquecimento global poderão, com o tempo, arrancar isso das pessoas.

Faça sua parte reciclando seu lixo, colaborando com coleta seletiva, evitando comprar produtos com embalagens que não sejam recicláveis, apoie uma cooperativa de catadores, aproveite a água da chuva. Pequenas medidas que trazem grandes resultados.

Mas o mais importante de tudo: antes de querer arrumar o mundo, não esqueça de arrumar seu quarto!

Ecologia sim. Neurose não!

Nenhum comentário: