quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Erros e acertos

Mulheres tem o incrível poder de culpar os homens pelo fim de relacionamentos que pareciam promissores.

Com o tempo vem o amadurecimento. Amadurecendo com uma boa memória, a gente consegue olhar nosso próprio passado e nos avaliar melhor. Pare pra pensar na quantidade de vezes que você desprezou um ótimo partido quando era mais nova, e cheia de confiança? Muitos desses homens hoje estão casados, responsáveis e com uma linda família.

O mundo continua girando, e quando somos meninas, queremos o impossível. Queremos o rapaz que não presta, e queremos que ele nos queira mais do que qualquer outra coisa. Passado esse período de falta de hormônios nas mulheres, passamos a procurar pela segurança, estabilidade, proximidade, comprometimento.. Tudo que tivemos, e nunca nos interessamos..!!

O impressionante é olhar para trás, e ver que tudo aquilo que era realmente importante nas nossas vidas, simplesmente desaparece. Novos precedentes são criados, e como mágica, aquele cara que deixamos para trás, era de verdade nosso príncipe encantado.

A felicidade é algo tão discreto que se não prestarmos bem atenção, ela passa pela gente como se fosse o vento.

Nesse meu momento de vida, percebo que despertar aquela paixão avassaladora é algo muito mais racional e social, do que emotivo propriamente dito. Homens também amadurecem, e criam uma espécie de bloqueio em seus sentimentos. Invariavelmente, a maioria deles já foi um desses caras deixados no passado por alguma mulher. A barreira do sentimento é algo inevitável para eles.

Relacionamentos duradouros geralmente surgem em uma fase mais inicial da vida, antes de crises, desilusões e decepções. O coração uma vez que machucado, ele se recupera. Quantas vezes for preciso. Mas as cicatrizes ficam e constantemente nos lembram que precisamos ser racionais pra não nos machucarmos novamente.



Nenhum comentário: