terça-feira, 8 de setembro de 2009

Um conto de fadas urbano


Ele a viu pela primeira vez na academia. Com receio de conversar diretamente com ela devido à diferença de idade, pediu para o funcionário do estabelecimento que perguntasse discretamente se ela passaria o número do telefone dela para ele.

Curiosa, ela começou sondar sobre a vida do misterioso homem, que mal se relacionava com as outras pessoas do estabelecimento. E descobriu que se tratava de um homem muito rico, com muitos bens. Ela então consultou uma amiga e disse que seria interessante conhecer um homem de alto nível para variar um pouco e viver uma aventura. A amiga aconselhou que ela refletisse sobre o assunto, mas realmente ela não teria nada a perder.

Então se iniciou a amizade. Ele, todo gentil, logo a convidou para jantar. Um jantar regado a muito luxo e glamour, acompanhado de uma caríssima conta. A paixão começou a aflorar.

A amizade continuou. Telefonemas se sucederam. E um convite para uma viagem inesperada também. Paris!

Enquanto ela pensava no assunto, discutia com amigos a respeito, o segundo encontro aconteceu. Um almoço seguido por um eletrizante passeio em uma das mais caras e famosas lojas da cidade. Outra pequena fortuna foi gasta em roupas caras e supérfluas. Aumentou a paixão. E com isso, a viagem para Paris foi marcada.

Poucas pessoas sabiam de sua sórdida aventura, e para outras que não poderiam saber, foi se criado uma realidade alternativa, para evitar maiores conflitos. Alguns ficaram apreensivos em aconselhar, porém ela mesma concluiu que a vida amorosa dela era um fiasco, e quem sabe as coisas poderiam ser diferentes.

Passagem comprada, passaporte emitido, mala de viagem Louis Vuitton e dólares no bolso como garantiam. Tudo por conta do elegante companheiro. Era inverno em Paris, então ela foi com pouca roupa, para comprar tudo por lá.

O passeio foi em alto estilo, apenas lugares caros e finos, sem transitar em meio a pontos turísticos óbvios. A cada dia, mais dinheiro era gasto nas refinadas lojas da Champs Elysees. Ela não se contenta e liga para essa amiga que sabia da verdade. Estava dentro da loja Empório Armani, tomando um café. A alegria dominava os ânimos e contagiava até pelo telefone.

Jantares, caminhadas, hotéis finos, compras de roupas e perfumes... Ah, o amor estava pelo ar!

Ao final de quatro dias de muita despesa e muito dinheiro gasto, a viagem chegou ao fim. Tudo transcorreu muito bem, um ótimo vôo e uma chegada sem problemas, até o desembarque. A esposa dele ligou dizendo que estava esperando por ele no saguão do aeroporto, com a filha dele.

O conto de fadas chegou ao fim. Um pequeno tormento assombrou a vida dela por um tempo, mas logo tudo se acertou.

Hoje, ela tem na memória uma eletrizante aventura, marcada por dinheiro, luxúria e traição.

Nenhum comentário: